APCC lança “Anuário dos Centros Comerciais – Portugal 2017”

O índice de vendas da Associação Portuguesa dos Centros Comerciais (APCC) está a subir desde 2013 e registou um crescimento de 1,4% em 2016 em relação ao ano anterior. Este é um dos dados revelados na 14ª edição do “Anuário dos Centros Comerciais-Portugal 2017” divulgado no final de setembro.

Segundo um comunicado da APCC a análise aos índices de tráfego e vendas nos Centros Comerciais Portugueses, revelados pelo “Anuário”, proporciona um retrato fiel do sector. A dinâmica crescente desta indústria do retalho imobiliário nos últimos anos, resulta de profundos investimentos realizados no decurso da crise, que incrementarem a qualidade dos empreendimentos e cujo reflexo se faz agora sentir no crescimento das vendas das lojas neles instaladas.

Outra das conclusões é a tendência de ligeiro decréscimo no índice de tráfego, o que revela uma alteração comportamental no modo como os portugueses “experienciam” os Centros Comerciais. Este índice registou um decréscimo de 1,1% na comparação de 2016 com 2015.

Segundo António Sampaio de Mattos, presidente da APCC “a leitura dos valores revelados pelos Índices permitem aferir que o ticket-médio por visitante é mais elevado, o que implica uma também crescente objectividade da experiência de compra no interior dos centros comerciais”.

A esta característica não é alheia “a dinâmica de inovação das ofertas em todas as vertentes, algo que faz parte do ADN deste sector que os Portugueses conhecem bem e acarinham desde há mais de três décadas.”

Ver comunicado

APCC lança “Anuário dos Centros Comerciais – Portugal 2017”