Centros Comerciais com performance positiva

A indústria dos Centros Comerciais continua a demonstrar uma performance positiva no comércio e serviços instalados nestas unidades a nível nacional.

De acordo com os Índices de Tráfego e Vendas”, produzidos pela Associação Portuguesa de Centros Comerciais desde Janeiro de 2010, o tráfego registou uma variação homóloga de 2,5% no segundo trimestre de 2018.

Apesar de inferior ao ocorrido no trimestre anterior, o indicador do fluxo de visitantes alcançou, na globalidade do primeiro semestre deste ano, uma variação de 4,1%, ou seja, superior ao registado nos semestres anteriores.

No plano das Vendas, o índice registou uma variação homóloga de 2,4%, um crescimento inferior comparativamente com os anteriores trimestres.

Apesar do ligeiro decréscimo trimestral dos Índices, estes permanecem positivos, tendo em conta que existem dois efeitos a considerar na análise. O efeito do período da Páscoa, que em 2018 ocorreu no primeiro trimestre e em 2017 teve lugar no segundo trimestre; e o facto de nos períodos homólogos se terem registado crescimentos muito acentuados.

Quanto ao tráfego, regista-se agora uma tendência de crescimento moderado, após vários trimestres de ligeiro decréscimo nas variações homólogas, o que representou um aumento do ticket médio por visita.

Por último, importa realçar que as vendas vêm tendo crescimentos há 21 trimestres consecutivos (desde o 2.º Trimestre de 2013), com excepção do 2.º Trimestre de 2016.

Centros Comerciais com performance positiva