CSP tomou posição sobre o debate da legislação laboral

No âmbito do debate que decorreu na Assembleia da República sobre as alterações à legislação laboral a Confederação dos Serviços de Portugal (CSP) tomou uma posição pública sobre o compromisso alcançado em sede de concertação social.

Nessa posição a CSP referiu que esperava que esse compromisso seja confirmado no Parlamento. Apesar de considerar que a atual legislação não necessitava de ser alterada nesta altura, a CSP valoriza o acordo precisamente por ter sido alcançado em sede de concertação social onde, em regra, prepondera o espírito de compromisso entre todas as partes.

Na nota divulgada um dia antes do debate Jorge Jordão, presidente da CSP, enalteceu o “espírito de diálogo e compromisso que acabou por levar a um entendimento mais amplo entre Governo, Confederações empresariais e UGT. É fundamental que o Parlamento, quando debater e apreciar as alterações acordadas, tenha em conta estes pressupostos e o consenso alcançado”.

CSP tomou posição sobre o debate da legislação laboral