Jorge Jordão no congresso da USI

Os principais desafios ao movimento sindical no século XXI no quadro da União Europeia foi o tema da intervenção do presidente da CSP, Jorge Jordão, no congresso da União dos Sindicatos Independentes (USI) que decorreu em novembro, em Cascais.

Segundo Jorge Jordão o chamado ´Estado Social´ na União Europeia “sofreu nos últimos anos sérias vicissitudes com a crise das dívidas soberanas e os programas de assistência implicando condicionalidades lesivas de direitos sociais que  acentuaram a divergência entre Estados Membros, com particular incidência nos países do Sul da Europa”.

Para o presidente da CSP a UE “propõe-se responder a este desafio com o lançamento do chamado Pilar Europeu dos Direitos Sociais (PEDS), que poderá desencadear uma mudança no paradigma actual da Europa Social”.

Embora seja ainda prematuro saber se corresponderá a essa expectativa, Jorge Jordão considerou que “o empenho da Comissão, do Conselho e do Parlamento Europeu neste compromisso conduzirá certamente a uma ampla mudança capaz de influenciar outras áreas da legislação da UE (por exemplo, o Mercado Interno e a União Económica e Monetária)”.

Jorge Jordão no congresso da USI