Makro associa-se ao projeto VilacomVida

A Makro associou-se ao projeto através de um protocolo que tem em vista a doação e instalação de equipamentos para a cozinha industrial do “CafécomVida”, um “café-escola” com uma vida diferente, que funciona ao mesmo tempo como um espaço de formação e de empregabilidade para estes jovens.

É a primeira vez que a Makro se associa desta forma a um projeto de Responsabilidade Social. O contributo pretende ser alargado com a divulgação, visitas e formação das equipas, no seu mais recente espaço Makropédia, em Alfragide.

O CafécomVida abriu as suas portas em outubro de 2018 na Fundação Portuguesa das Comunicações, em Santos (Lisboa), e pretende ser um espaço central, de qualidade e moderno, que emprega atualmente uma equipa inclusiva de cinco pessoas e recebe uma média de 80 clientes por dia.

“Queremos ser uma plataforma de formação e emprego que contribua para amortecer o impacto entre a saída da escola e o início de uma vida ativa, e que possa contribuir para a diminuição do número de jovens com potencial de autonomia que depois do 12º ano são encaminhados pelas escolas para centros de atividade ocupacional”, explica Filipa Pinto Coelho, da VilacomVida.

“A Makro tem vindo a apoiar várias causas sociais, mas desta vez decidimo-nos juntar a uma instituição que muito tem feito pelo futuro destes jovens. O que nos motiva a sermos parceiros de um projeto destes é sabermos que estamos a contribuir para uma perceção diferente dos poderes que estas pessoas têm e que podem fazer a diferença num local de trabalho”, acrescenta Isabel Caeiro, Responsável de Comunicação da Makro.

Makro associa-se ao projeto VilacomVida